Deprecated: The each() function is deprecated. This message will be suppressed on further calls in /home/monalia/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/classes/core/class-vc-mapper.php on line 111
Cirurgia bariátrica: tire aqui suas dúvidas - Blog Monalia - Tudo sobre Moda Plus Size

A cirurgia bariátrica, conhecida como cirurgia da redução do estômago, é recomendada para pessoas obesas, com índice de massa corporal (IMC) acima de 40 e que não obtiveram resultados com dieta, exercícios físicos e medicamentos.

A intervenção diminui o tamanho do estômago e não possui fins estéticos, pois a cirurgia altera os hábitos e a qualidade de vida. Existem muitas técnicas para o procedimento de redução de estômago, sendo uma das mais atuais a gastroplastia endoscópica, sobre a qual falaremos mais à frente.

Neste post, vamos abordar essa cirurgia e mostrar para quem ela é indicada, quais os seus riscos e quais cuidados devem ser levados em conta no pós-operatório. Assim, você saberá a importância dessa intervenção cirúrgica para melhorar a sua saúde.

Para quem a cirurgia bariátrica é indicada?

A cirurgia de redução de estômago é indicada para quem tem o IMC acima de 40, ou igual ou maior que 35, caso o paciente apresente também doenças como diabetes, apneia do sono e hipertensão. Além disso, a pessoa deve ter tentado, sem sucesso, perder peso com exercícios físicos, medicamentos e dieta.

No entanto, caso o paciente tenha outros problemas de saúde, como disfunções hormonais, cirrose hepática ou doenças renais, a cirurgia não é indicada. É importante que ele tenha total conhecimento sobre as características e limitações dessa cirurgia antes de submeter-se a ela.

Quais são os riscos dessa cirurgia?

Os riscos da cirurgia bariátrica estão relacionados com a gravidade e a quantidade de doenças que são associadas à obesidade. Pode ocorrer o entupimento de algum vaso sanguíneo no pulmão, sangramento no local da operação, diarreia, fezes com sangue e vômitos.

Após o procedimento, o paciente pode apresentar anemia, deficiência de cálcio e de vitamina B12. No entanto, o risco de complicações é baixo, e a cirurgia apresenta mais benefícios do que riscos.

Porém, existe uma nova técnica de cirurgia de redução de estômago de risco mais baixo e que proporciona uma recuperação mais rápida: é a gastroplastia endoscópica, que utiliza um aparelho equipado com uma câmera, o qual é inserido pela boca do paciente e permite que o médico, por vídeo, veja onde a sutura deve ser feita.

Nesse procedimento, que é feito com anestesia geral, o endoscópico é posicionado e, então, são feitos pontos de sutura no estômago, que tem suas paredes aproximadas e transformadas em um tubo. Assim, o estômago é preservado, e o paciente pode ter alta no mesmo dia.

O método é eficaz, pois atua por dois mecanismos, um de limitação da entrada de alimento e outro de esvaziamento mais lento do estômago. Desse modo, o paciente fica saciado por mais tempo e passa a comer poucas vezes ao dia.

Indicada para quem tem obesidade menos severa, a técnica prevê uma perda de até 25% do peso corporal. Essa cirurgia também já apresentou bons resultados em pacientes que sofrem de hipertensão, que tiveram melhora significativa nessa condição.

Quais os principais cuidados no pós-operatório?

Após a operação, o paciente deverá seguir a recomendação médica. No início, a alimentação é feita somente com alimentos líquidos, depois ela passa a ser pastosa e, por fim, sólida. Nos primeiros dias, há a necessidade de suplementar a alimentação com compostos ricos em proteínas e, em alguns casos, com ferro, cálcio e vitaminas do complexo B.

O paciente precisa estar ciente de que as restrições alimentares são para sempre e que há a necessidade de uma mudança de hábitos. Por isso, é preciso adotar uma alimentação mais saudável, diminuindo a ingestão de açúcares e gorduras e aumentando o consumo alimentos menos calóricos. É essencial também praticar exercícios físicos regularmente.

Lembre-se de que a cirurgia de redução de estômago não é feita com fins estéticos. Logo, só é recomendada para quem tem um alto índice de obesidade e apresenta outras doenças associadas a ela, como a diabetes. Por isso, se você deseja fazer esse procedimento, procure um médico e converse com pessoas que já realizaram a operação, pois assim você poderá ter certeza da sua decisão.

Se você gostou do nosso post e tem alguma questão sobre cirurgia bariátrica, deixe um comentário. Será um prazer resolver suas dúvidas!


Notice: compact(): Undefined variable: limits in /home/monalia/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 853

Notice: compact(): Undefined variable: groupby in /home/monalia/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 853

Escreva um comentário